quarta-feira, 25 de abril de 2012

Compostagem dos resíduos da preparação de alimentos.

A compostagem é um processo onde a matéria orgânica se decompõem em condições semelhantes às ocorridas na natureza.
No nosso caso, a matéria orgânica originada na cozinha- restos da preparação de alimentos- é destinada à decomposição, agregada às folhas secas, resíduos da capinação, podas da grama do campo de futebol, galhos finos encontrados no local e terra de serrapilheira- terra preta originada sob restos de vegetação e lixo existentes no local antes da nossa chegada e que serão reduzidos à adubo.
 
A área já foi utilizada anteriormente para a produção de verduras, sendo então abandonada. Foram encontrados no local, grande quantidade de cascas de troncos e galhos secos que foram queimados anteriormente, além de um local onde eram depositadas cascas de coco, havendo grande quantidade de lixo e restos de queima. Nestes dois locais, foram parcialmente coletados os resíduos plásticos e objetos que foram destinados à coleta de lixo municipal. A grande quantidade de minhocas, baratinhas da terra e outros insetos presentes no solo nos permitiu a introdução de um pequeno minhocário, montado a partir de metade de um tambor de 200 litros acrescido de terra em seu interior, uma parte do solo preto encontrado sob a matéria orgânica em decomposição e grama. Grande parte da matéria resultante de podas, capinação e limpeza dos canteiros são acumuladas nestes dois locais para a manutenção da micro fauna restante sob a sua cobertura.
Todo o resíduo da preparação dos alimentos das crianças são destinados à compostagem, sendo que a sua variação é dependente do cardápio. São servidas três refeições diárias, sendo um café da manhã, almoço e lanche da tarde, a quantidade é também variável à distribuição de frutas, sendo que em alguns dias são coletados apenas 2 litros e em outros, essa quantidade pode chegar aos 20 litros.