sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Ecologia das ruas

Perto da gente, no entorno das escolas, nas ruas e nas praças, nas áreas mais afastadas... Todo lugar apresenta algum elemento capaz de ser utilizado na promoção da compreensão dos mecanismos de transformação ocorridos na Terra. Muitas situações são passivas de ilustrar o que ocorre no meio físico, reações e transformações ocorridas pela interatividade dos constituintes da Terra em determinado espaço geográfico podem ser visíveis quando passamos a perceber o meio que nos cerca, elementos da paisagem urbana.
A compreensão do processo de formação do solo pelo intemperismo químico, físico e biológico ocorrido em uma rocha do jardim, a poda discriminada de uma árvore ou mesmo a tentativa de extermínio da mesma, a polinização ocorrida por insetos, as características hídricas da região, as fontes de energia utilizadas, as fases de desenvolvimento de uma planta, floração, sementeira e rebroto das árvores.
A educação ambiental não necessita ser tão teórica, a diversidade de mecanismos encontrados dentro do contexto territorial que envolve uma escola e a comunidade ao seu entorno é magnífica, aguça a observação e proporciona um olhar crítico em relação as ocorrências reais e suas consequências para com a comunidade ecológica local.
Educar para a preservação é educar para a percepção da realidade inapercebida, a realidade oculta nas molduras da civilização. Aprender que a cultura se renova, que a realidade se renova, que a Terra e nossos espaços se renovam, mas não estamos, necessariamente, desligados das pegadas do tempo. A educação ambiental abre oportunidade para a inter-relação entre pessoas, entre o meio físico e os atores de sua urbanização, entre a porção ecológica da Terra e modernidade. Cultivar valores como a amizade, solidariedade, respeito e ética através da interação dos alunos com a sua realidade local implica em preservação, decifrar a ecologia das ruas, praticar a diversidade cultural e descobrir na simplicidade da doação, do cumprimento, da cooperação, da preservação, a essência da unidade Vida.        
Erosão em rocha      
Figueira  29 anos
 .Energia 
Polinização
Riacho que corta a cidade.
Carimbó
Presente
Morangos em  PET-
Minhas colegas de trabalho e grandes incentivadoras.
Meu muito obrigado.