segunda-feira, 25 de junho de 2012

Da funcionalidade- possibilidades e aprendizados.

Dentro da participação da escola, da formação do conjunto funcional para o exercício da conscientização, todos os aspectos possíveis são pensados, a união dos atores acontece em conjunto com as necessidades e com as possibilidades de aprendizagem.
Cada realidade é diferenciada em função da localidade, da estrutura, das possibilidades e da funcionalidade da proposta. Aprende-se com atividades já realizadas e com possibilidades que surgem durante a construção da base fundamental.
A compostagem, como trabalhamos, é um processo de decomposição aeróbia, ou seja, os microrganismos necessitam de aeração, umidade e temperatura adequada para se reproduzirem, para decompor a matéria orgânica disposta no solo. Por ser uma área residencial, com solo pobre e biodiversidade nula, há a preocupação com o desenvolvimento de vetores como o mosquito palha, transmissor da leishmaniose e o aedes aegypti, transmissor da dengue e da febre amarela. Assim sendo, uma forma de conscientizar é a cobertura da leira de compostagem com TNT-tecido não tecido- a qual não permite a postura de ovos do mosquito palha, sendo que o mesmo se desenvolve em locais úmidos e com matéria orgânica em decomposição. A cobertura de TNT permite a entrada de ar-aeração da leira, permite a passagem de umidade para o interior das camadas e facilita a elevação da temperatura interna do composto. Outra medida a ser tomada, em comum acordo com o professor marcos e com o representante do grêmio, presente nas atividades de hoje é a da realização de um mutirão para a limpeza da área, retirada de embalagens plásticas e outros materiais passivos de criadouros, assim como a realização de eventos para a conscientização quanto a manutenção da limpeza da área onde está sendo formada a horta.
Quanto à estrutura, a direção busca caminhos para agregar funcionalidade a parte física, os alunos repensam, junto com outros professores, os espaços a serem modificados e o professor Marcos agrega conhecimentos aos trabalhos, como a  construção dos degraus para o plantio do feijão, conhecimento este que ainda não tive a oportunidade de pesquisar, e prefiro não, com propósito de relembrar os meus tempos de escola e colher do mestre, a base do conhecimento. Posso apenas dizer que já me sinto empolgado pela aula, pois conheço um pouco da teoria de conservação, da prevenção do carreamento de partículas e do controle da erosão.
E assim estamos montando, tijolos por tijolos, a estrutura funcional da segunda área, já presenciamos mudanças positivas, já presenciamos o surgimento de vida, em cogumelos e minhocas, insetos e fungos, assim também, já fomos surpreendidos por falhas, as quais estamos buscando corrigir. Mas como eu disse e  eu acredito, a atividade de conscientização é uma atividade que se monta, se ensina e se aprende, se discute, se critica, une forças, sonhos e vontades, se realiza, tijolo a tijolo, vontade a vontade, sonho a sonho. Isso é gratificante, é social, é ecológico, é natural.