domingo, 6 de maio de 2012

É possível?

Buscando trabalhar essas duas vertentes, ainda somos ignorados quanto a possibilidade de atuação. O principal estímulo que recebo é a possibilidade de imaginar algo grande, onde os olhares se voltem para as transformações ocorridas ao longo dos dias.
Poucos são os incentivos oferecidos para a efetivação de um estudo de causa, onde as viabilidades possam ser aferidas, confrontadas com as demais atuações existentes. Longe de reivindicação de autoria, sendo que tudo aquilo que descreverei no decorrer das atividades são fruto de atividades existentes em experiências amplamente divulgadas na NET, por vários organismos da sociedade, a somatória das atividades resultaram na proposta aqui trabalhada e que, é carente de auxílio técnico teórico daqueles que se propuserem a compartilhar ideias e a disseminar essas atividades.
Dos amigos e idealizadores iniciais, poucos se propuseram a estar envolvidos, a doar tempo e conhecimento à causa. Mas as atividades não morreram, hoje contamos com a participação de atores que começam a compreender os propósitos deste trabalho. Algumas ocorrências começam a favorecer sua concretização, a pesar de sermos leigos e atuar na vontade, as atividades práticas resultam em alternativas promissoras, e possibilidades infinitas.
A obtenção da área nos permitiu traçar um calendário de atividades com possibilidade na produção de alimentos, após alguns mínimos resultados, as possibilidades educacionais estão se tornando cada vez mais visíveis, cada vez mais concretas. Assim parece que o solo nos favorece, sendo que até aqui (data das imagens) foram compostados cerca de 100 litros de resíduos, a área ganhou um tom esverdeado devido às chuvas e os frutos da dedicação do Sr. Roque no auxílio da lida, brotam do solo mesmo sem haver a utilização do composto, que ficará pronto daqui a sessenta dias.


Por não conhecermos a prática da produção, vários erros podem ser verificados, os quais estão sendo corrigidos a cada etapa do projeto. Cada atividade tem nos proporciona novos conhecimentos, aflora ânimos e fomenta a participação de novos atores. São todos bem vindos!